Corte e Costura: Iniciando as Aulas

(Bem-vindo! Novo por aqui? Clique em “Sobre o blog” aí em cima e divirta-se! ^^)

Oiê!

Como prometi no Facebook, aqui estou para contar um pouquinho sobre Corte e Costura. Fui para o interior e conseguimos trazer a máquina de costura da minha abuela para São Paulo (a foto é do lugar onde ela ficava no interior). Não é linda? =] Ela funciona tanto eletricamente quanto com o pedal antigo.

Então nesse final de semana aproveitei a pausa para começar o curso do Instituto Universal Brasileiro. Vamos lá? ^^
A apostila 1 começa, como dá para ver, com noções básicas de costura. Fala um pouco de nomenclatura, de materiais e de tipos de ponto. Dá pra entender bem os conceitos. Só teve uma falha em explicação que eu vi até agora: a apostila não diz que “fazenda” significa “tecido”, ainda que minha mãe tenha me dito que esse é um termo muito antigo. Como conseqüencia, quando você se depara com a frase ” em caso de recortes arredondados, ou pontas, deve-se dar um pique na beirada da fazenda”, o que você imagina? Uma pessoa correndo ao longo da cerca de uma fazenda, lógico! XDD Mais para frente dá para deduzir o que fazenda quer dizer.
No geral, eles chegam até a exagerar na explicação para você com certeza conseguir entender. Como quando eles mencionam que você deve passar os tecidos antes de costurar, e colocam uma foto de uma tábua de passar roupa, com direito até a legenda ¬¬. Não acreditam? Taí, ó:
CorteC1
Eles também explicam como Corte e Costura são duas atividades diferentes: cortar é tirar as medidas, fazer o molde da roupa a cortar o tecido de acordo com ele. Costurar é usar a máquina para… bem, costurar, né! rs Minha mãe sempre falou que desenvolver os moldes é algo muito difícil, e deve ser mesmo. Você tem que fazer vários cálculos geométricos para conseguir transformar medidas 3D de uma pessoa em um desenho 2D. Imaginem que difícil! Ainda bem que o curso que comprei vem com uns instrumentos para traçar moldes, chamados Magic-Corte, que ajudam você a desenhar os moldes a partir das medidas. Espero que dê certo!
A segunda parte da apostila é a confecção de uma blusa sem manga, soltinha, bem simples. O primeiro passo, claro, é tirar as suas medidas, e é pra isso que o namorado serve, né? (Brincadeirinha, Vítor… rs) As medidas básicas são contorno do busto, da cintura e dos quadris e distância ombro-cintura pela frente e por trás. Tudo é explicado com fotos para você saber medir certinho.
Tendo suas medidas em mãos, é só seguir o passo-a-passo e ir usando as réguas Magic-Corte para desenhar o molde. Bora lá, cambada!
CorteC2
Começando o desenho do molde da blusa: o Magic-Corte tem vários buraquinhos, e basta você pintar os correspondentes à sua medida para depois desenhar o molde. Simples, né?
Depois de fazer as marcações, você brinca de liga-os-pontos (yay!).
Para traçar as curvas do decote e da cava (buraco para o braço), tem réguas Magic-Corte curvas. Aí em cima estou traçando o decote e o traço da cava. A régua para o decote e a cava é a mesma, você só usa lados diferentes. Tem tudo indicado tanto nela quanto na apostila.
Depois do desenho básico, está na hora de alongar o desenho, para ficar do comprimento da blusa. Esse  foi o momento no qual a besta quadrada aqui percebeu que tinha começado o desenho usando o papel manilha (é assim que se chama esse papel rosa aí, que vem no kit) no sentido errado ¬¬ Você tem que desenhar o molde de modo que a parte mais comprida do papel fique virada para você, para ter espaço para desenhar o comprimendo da blusa. Doh! Na verdade, eu fiz tudo de propósito, sabe, porque convenhamos, ia ser muito chato ficar lendo isso aqui se eu fizesse tudo certo, né? Foi tudo friamente calculado… Cof cof cof.
CorteC3
Agora a blusa tá compridinha = b
Nesse ponto, a apostila diz que como essa blusa não tem abertura nas costas nem na frente, é preciso aumentar o decote para facilitar na hora de vestir. Aí vocês vêm o decote aumentado, usando uma régua em forma de foice.
CorteC4
Depois, é hora dos arremates, ou revés: são pedaços de tecido, cortados à parte, que são costurados pelo lado de dentro das roupas para melhorar o acabamento. Depois essas marcações serão copiadas para outro papel (usando papel carbono – sim, isso ainda existe!), para só então serem cortados.
E o molde da frente da blusa está pronto! =] O próximo passo é o molde das costas, depois copiar os arremates, depois cortar os moldes, depois copiá-los para o tecido, depois… Enfim, são nada menos que 43 páginas de passo-a-passo só para fazer uma blusinha sem manga. Um viva para quem se meteu num trabalhão! XD
É óbvio que eu farei aos poucos, porque haja tempo! Mas vou postando todas as etapas ^^. Digam-me se vocês gostaram de eu ir mostrando cada passo de cada etapa como fiz hoje ou se preferem que eu seja menos detalhista.
Até a próxima!
Anúncios

14 ideias sobre “Corte e Costura: Iniciando as Aulas

  1. Anônimo

    gostaria que postasse como usar os gabaritos,pois eu tenho e não sei usar na confecção de vestido,saias bmudas calça etc.
    Desde já agradeço bjssssss

    Curtir

    Resposta
  2. Nicole

    Oi! Por enquanto só consegui ter tempo de fazer a blusa sem manga mesmo, usando os gabaritos desse jeito que eu mostrei aqui. No futuro espero ter tempo para tentar vestidos, saias etc!

    Curtir

    Resposta
  3. Nicole

    Oi Karla! Obrigada por visitar o blog!
    Não acabei a blusinha, não… *vergonha* (rs) Vou tentar criar vergonha na cara e voltar a costurar. Mas já te adianto que achei a apostila legal para quem não tem ideia de como fazer roupas. Ela não faz você virar uma costureira profissional, porque você fica dependente dessas “réguas mágicas” deles para fazer moldes, e operar a máquina de costura é um aprendizado difícil e que a apostila ensina pouco. Você tem que saber sozinha mexer na sua própria máquina, e costurar em linha reta é muito difícil! rs Mesmo assim, o curso te dá uma base legal de onde começar. Eu consegui, usando o básico da blusinha, fazer os vestidos das musas do Hércules (já viu os posts?), e mesmo não tendo ficado perfeitos, sem o curso eu não saberia nem começar :).
    Espero ter ajudado!

    Curtir

    Resposta
  4. Regina

    Olá.achei uns gabaritos com esse nome nas coisas de minha mãe que faleceu será que são iguais aos seus poderia me mostrar fotos pra eu ter uma idéia….ficaria muito grata…

    Curtir

    Resposta
    1. Nicole Autor do post

      Oi Regina! Eu não estou com os gabaritos agora, então infelizmente não tenho como tirar foto. Você não consegue ver pela foto que aparece nesse post se eles são os mesmos? Se não, você pode me mandar uma foto dos seus gabaritos para blogacetilcolina@gmail.com e eu te digo se são os mesmos! ;)

      Curtir

      Resposta

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s