I wanna rock! – Vocal feminino

(Bem-vindo! Novo por aqui? Clique em “Sobre o blog” aí em cima e divirta-se! ^^)

Oi gente!
Hoje quero falar mais um pouco sobre participar de uma banda de rock. Uma das maiores dificuldades que enfrentamos é encontrar músicas com vocal apropriado, então hoje escreverei sobre isso!

Cantar músicas que sejam apropriadas para a sua voz é muito importante. Todo mundo sabe que é possível se classificar a voz em vários tipos (soprano, mezzo-soprano, contralto, etc). A maioria acha que essa classificação define a faixa de tons que você consegue cantar, mas isso não é verdade. Em primeiro lugar, classificar a voz nem sempre é algo simples. Mas, mais importante, a classificação reflete em quais tons sua voz “brilha” mais, ficando mais bonita. Não significa que você não consiga cantar fora dessa faixa, nem que não deva! Mas, se o tom da música casar com seu tipo de voz, melhor!
Além de tons ideais, a voz também tem outras características, que muitas vezes (mas não sempre) estão atreladas a outras características do vocalista. Assim, tem gente com voz mais delicada, gente com voz mais enérgica, gente com voz “rasgada”… Tem gente que consegue imitar vários tipos, mas o gostoso mesmo é cantar algo que se encaixe com a personalidade da sua voz. Assim você vai se destacar mais!
E aí vem a dificuldade: para quem é soprano (canta melhor agudos) e principalmente para quem tem uma voz delicada como a minha, nem sempre é simples encontrar músicas de rock que fiquem boas. Então decidi comentar aqui sobre as músicas que temos tocado, para quem sabe ajudar quem também está nessa busca!

 

Barracuda e If looks could kill (Heart) – Heart é uma banda com vocais femininos e músicas bem agudas. Para mim são ótimas, mas a bateria é bem difícil, o que pode complicar.
Gone Away (Offspring) – o refrão é mais agudo, mas o resto da música nem tanto. Essa eu tive que treinar bem com minha professora para ficar boa. Uma coisa que acontece quando você canta algo mais grave do que o ideal para você é que você perde volume. Claro que no popular você usa microfone, mas a banda tem que ajustar o volume dos seus instrumentos, para que o seu microfone dê conta. Ou você vai acabar se matando para cantar mais alto e vai estragar sua voz!
Baba O’Riley (The Who) – temos tocado uma versão do Pearl Jam, que é mais “clean”. Mas tive que subir alguns tons para ficar boa. Esse é um “truque” que se pode usar em canto popular, e pode ajudar muito. Mas lembre-se que algumas músicas têm uma melodia tão característica que mudar o tom a deixaria muito estranha.
Someday (Steve Earle) – uma música bem “x” rs, mas muito bonitinha. Nessa, além de subir o tom, eu tive que mudar a interpretação. O cara tem um jeito bem caipira americano de cantar (rs), e ficaria ridículo se eu tentasse imitar. Assim, eu canto de um jeito bonitinho, como se fosse uma menina do interior sonhando com o mundo lá fora (que gay! = b).
I Love Rock n’ Roll (Joan Jett) – fora do refrão até é meio gravezinha, mas no geral é bem simples de se cantar.
Because the Night (Patti Smith) – essa na verdade é meio grave demais para mim. Eu consigo cantar, mas fica sem volume, tanto que temos equalizado o som baseando-se nessa música. Eu deveria trocar o tom, mas sou teimosa… rs
Your Love (The Outfield) – agudinha, divertida, tudo de bom hehe.
Jailhouse Rock (Elvis) – muitas músicas dele são graves pra caramba, mas essa é aguda! Só a letra me faz querer chamar uma fono, mas tudo bem haha.
Sharp Dressed Man (ZZ Top) – dei uma adaptada nessa. Mudei a letra para que ficasse sobre uma mulher cantando sobre homens arrumados, assim fica mais fácil de interpretar.
Rockin’ in the Free World (Neil Young) – aguda e simples, para a banda toda. Uma boa música com a qual se começar!
The Seeker (The Who) – essa é mais aguda do que outras músicas deles, então não tivemos que mudar o tom.
Eye of the Tiger (Survivor) – sim, é a música do Rocky rs Enchi o saco até quererem tocá-la porque é divertida pra caramba de cantar XD
Long Live Rock ‘n Roll (Rainbow) – bem legal de se cantar também. É meio chatinha com a respiração.
Dream On (Aerosmith) – surpreendentemente, ela é meio grave demais rs. O agudo até é simples de atingir com as técnicas do lírico, mas o resto da música acaba ficando com o volume meio baixo. Ainda estou trabalhando nessa!
Por enquanto é isso aí! Não aconselho pegar músicas que não se adequem bem à sua voz, ou que você não consiga adaptar de um jeito que funcione. Podem acabar pensando que você não é uma boa vocalista, quando na verdade é a música que não está permitindo que você mostre o que pode fazer! ; ] É bom prestar atenção no rádio e anotar as músicas que parecem promissoras! =]
Até a próxima!
Anúncios

2 ideias sobre “I wanna rock! – Vocal feminino

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s