Musas do Hércules – Parte 2

(Bem-vindo! Novo por aqui? Clique em “Sobre o blog” aí em cima e divirta-se! ^^)

Hey gente!

Pra animar a segundona (se isso for possível), aqui vai mais um post!

Como comentei no post anterior, eu e umas amigas nos metemos a costurar nossas fantasias de musas do Hércules para o PhantastIQ. Sábado nos encontramos na minha casa para começarmos o trabalho árduo de prepararmos tudo :)

Muses2
As musas do Hércules serão feitas por (a partir da esquerda): Tais, mim, Luiza, Tati e Luciene
Conforme as meninas foram chegando, eu fui orientando o que elas deveriam fazer. Deu bastante trabalho, mas por enquanto parece que a coisa vai dar minimamente certo rs. Como eu nunca costurei um vestido (afinal, a última coisa que eu fiz foi alinhavar uma blusa sem manga, ou seja, cheguei na metade da primeira apostila do curso de costura – e são seis! XD), dei uma misturada no que eu já sabia e improvisei o resto. Usei a primeira apostila (a da blusa sem manga) como guia: lá tem o passo-a-passo genérico da confecção de uma roupa, e eu usei o molde da blusa sem manga como parâmetro para o molde da parte superior dos vestidos.
A primeira etapa foi tirar as medidas das meninas. A Tais trouxe um vestido e uma saia longa dela para ajudar, então no caso dela eu me baseei neles. Depois, usei as réguas do kit de costura que comprei para desenhar o molde, como se fosse a blusa sem manga que eles ensinam.
Desenhando o molde da Tais
Depois, eu diminuí as alças e aumentei o decote. No caso da Tais e da Luciene, eu fiz o top separado da saia. Para os vestidos, eu dei uma olhada na apostila que ensina a costurar vestidos (que não tinha como eu seguir porque é muito mais complexa, com pences – dobras no tecido no peito para que o vestido fique justinho) e vi como dar uma alargada na região do quadril para que não fique apertado (ao invés de só seguir a lateral do modelo da blusa em linha reta).
Com os moldes prontos, as meninas foram recortá-los e prendê-los no tecido com alfinetes. Foi bom que as meninas foram chegando em horários diferentes, então enquanto a Tais já estava alfinetando, eu estava tirando as medidas da Luiza, por exemplo ;)
2013-08-17 18.07.18
Luciene cortando seu molde
2013-08-17 18.35.19
O Alê virou mestre em cortar parte dos absurdos 21m
de tecido que compramos rs
2013-08-17 16.41.31
Tais prendendo seu molde ao tecido
2013-08-17 17.51.42
Tati prendendo o seu
Com o molde preso ao tecido, era hora de usar o giz de alfaiate para delimitar onde o tecido seria cortado. Deixamos bastante espaço extra de bordas para garantir que poderíamos ajustar depois, principalmente as alças.
2013-08-17 18.08.06
Luiza e Tais contornando o molde com o giz
2013-08-17 18.11.45
Enquanto isso, despejados da sala por falta de espaço, os “anexos” se reúnem na cozinha para jogar
Sim, Mestre das Trevas!
Depois de marcar onde cortar o tecido, usamos lápis 6B para marcar onde seriam as linhas de costura (ou seja, contornamos o molde em cima do tecido). Aí, era só cortar o tecido e soltar o molde. Juntei a parte da frente com a de trás com alfinetes e as meninas experimentaram. Depois de anotar e marcar os ajustes que teriam que ser feitos, a barra e a altura da fenda do vestido de cada uma, encerramos o dia de trabalho.
2013-08-17 19.24.39
Fê ajudando a Luli a marcar as linhas de costura enquanto ela corta o tecido
(e uma cachorra escondida embaixo da mesa, o que eu só vi agora! rs)
2013-08-17 18.43.25
Alê carinhosamente me ajudando a prender o tecido da tais com alfinetes haha
2013-08-17 19.07.45
Super Alê! Ele, o Fê e o Vítor ajudaram bastante!
Resultado do dia: conseguimos preparar os tecidos de todo mundo. As alças foram o que mais tivemos que ajustar, porque seguindo o molde da blusa sem alça, elas ficaram muito curtas. Falta alinhavar (costurar à mão, para facilitar o trabalho à máquina) e costurar tudo. Também precisamos fazer os tecidos que ficam pendurados nos braços no meu caso, da Luiza e da Luciene, além da cauda da saia da última, e as faixas que faremos para amarrarmos na barriga. Coisa pra caramba! Mas as meninas vão me ajudar – sexta tem que estar tudo pronto!
Acabamos comprando tecido demais – 2x a altura da pessoa + 1m para cada uma, mas foi bom porque temos bastante para refazer se ficar muito ruim. Depois que as meninas foram embora, eu fui deixar o meu vestido no mesmo ponto que o delas (eu só tinha feito o molde da frente). O meu foi bem mais complicado, primeiro porque já estava tarde e eu estava bem cansada, depois porque meu vestido tem uma alça só, e o jeito que eu sei serve para peças simétricas (você dobra o tecido ao meio e desenha metade do molde, aí quando você corta e abre o tecido, você tem a parte da frente ou a de trás inteiras).
O que eu fiz foi fazer o molde normalmente e, depois de cortar o tecido, eu prendi com alfinetes, experimentei e marquei (toscamente) a lápis onde deveria cortar uma alça fora. Aí fui ajustando, prendendo com alfinetes e experimentando, várias vezes, até parecer ter ficado bom. O complicado é que como não tem uma alça, a largura do vestido no peito tinha que ficar certinha, senão o lado sem alça ficaria solto e indecente rs.
Aguardem para mais um capítulo da novela “costurar fantasia pra 5 pessoas dá um trabalho do cão”! rs
Até a próxima!
Anúncios

3 ideias sobre “Musas do Hércules – Parte 2

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s