[Diga sim!] Comece pelo começo, vá até o fim e então pare

Oi gente!
O blog ficou um bom tempo largado às moscas porque eu estou sem tempo de fazer coisas divertidas para compartilhar com vocês como se faz. Para não abandoná-lo de vez, decidi juntar o útil ao agradável e postar sobre um dos assuntos que está tomando o meu tempo de qualquer jeito: o casamento!

Que fique bem claro: eu NÃO sou expert em organização de casamento. O que eu vou postar aqui será no mesmo estilo de quando eu posto sobre costura: as descobertas de alguém que não fazia a MENOR ideia de como fazer algo, e aí resolveu tentar fazer. Então nessa série de posts eu mostrarei a vocês o que eu aprendi na marra ao organizar o meu casamento, sendo uma noiva que nunca sonhou com isso e que não tinha absolutamente nada definido.
Noivei! E agora? Por onde eu começo?
Se você quer fazer um casamento com cerimônia e/ ou festa, entenda que ele será um projeto bem complexo, que vai tomar bastante tempo (e dinheiro!) para ser realizado. São muitos detalhes que precisam ser definidos, então quanto antes você começar, melhor.
Comece pesquisando sobre o assunto. Informação é crucial para não fazer bobagem! Então se você está lendo isso aqui, parabéns, já é alguma coisa :). Mas procure em sites e revistas e converse com quem já casou. Logo você vai sair de alguém “I have no idea what I’m doing” para alguém que tem uma boa noção do que fazer!

Organização

Primeiramente, separe uma pasta daquelas A-Z, bem grandes, para organizar a papelada. Acredite, vão ser muitos orçamentos, recortes de revista, cartões de contato, contratos, etc que você não vai querer perder. Você pode até personalizar sua pasta, como eu fiz nesse post aqui.

Lista de convidados

Depois, nós começamos a montar minha lista de convidados. Como nós ainda não sabíamos quanto custavam os buffets (logo, quantas pessoas nós poderíamos chamar),  nós dividimos nossos convidados por círculos, das pessoas mais próximas às mais distantes. Colocamos cada círculo numa coluna numa planilha de Excel, e aí podíamos ver quantas pessoas davam quando considerávamos mais ou menos círculos de pessoas.

Convidados
A planilha ficou tipo isso. Dica: para somar a quantidade de pessoas, use a função “count” ; ).

Outra dica para a lista de convidados é conversar sobre ela com os seus pais (ou suas pessoas mais próximas). Provavelmente eles têm amigos que gostariam de chamar, se possível, principalmente aqueles que conhecem você desde criança!

A partir daí, é hora de ir atrás do buffet, tema do próximo post!
Deixem um comentário se vocês têm outras dicas :)

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s