Praticando arquearia!

Oi gente!

Hoje vou contar um pouco sobre uma atividade muito legal que tenho feito faz alguns meses: praticar arquearia!

Eu sempre adorei arco-e-flecha, e quando morava em São Paulo sempre quis praticar, mas nunca tive a chance. Quando nos mudamos para Cambridge (Inglaterra) eu descobri que a universidade tem um clube de arquearia e resolvi que agora era a hora de seguir esse sonho e praticar! Eu e meu marido começamos a treinar em outubro do ano passado, e adoramos! É bem o tipo de esporte que eu gosto: envolve força, mas principalmente técnica, e não tem contato físico hahaha!

Para praticar arquearia você tem que ir a um lugar especializado, afinal, arco-e-flecha é uma arma e você tem que praticar num local seguro, que nem tiro! Tem várias regras de segurança que você tem que aprender para garantir que não vai se machucar nem machucar ninguém. É uma responsabilidade!

arc2

Nós começamos aprendendo a atirar dentro de um ginásio, atirando a uma distância de uns  15 metros e depois de uns 20. Esse mês começamos a atirar ao ar livre, de uma distância de 30 metros. O pessoal mais avançado atira com as distâncias oficiais, uma delas sendo 70 metros!

Como eu comecei em outubro, eu não sei muitas coisas ainda, mas vou contar um pouco sobre o que eu sei. :)

Existem vários tipos de arcos, com modos de atirar um pouco diferentes. Os mais comuns são o arco longo (longbow), o recurvo e o composto. O arco longo é mais tradicional, sendo mais charmoso, mas menos eficiente que os arcos modernos (você não consegue atirar a flecha tão longe, e não tem mira). Os arcos recurvos são os mais comuns e os utilizados em olimpíadas. Eles são mais eficientes que os arcos longos, e é desse tipo que nós usamos. Os arcos compostos contém polias, que fazem com que se possa atirar ainda mais longe com eles, mas cá entre nós, na minha opinião eles são feios pra caramba e nem parecem arcos mais rs.

arc3

Arco longo, arco recurvo, arco recurvo moderno (usado em olimpíadas) e arco composto.

O importante na arquearia é desenvolver uma técnica que você consiga repetir, sempre do mesmo jeito, sempre que atirar. Assim, teoricamente, uma vez que você ajustou a mira do arco, você sempre atirará no centro do alvo. Ser capaz de atirar sempre da mesma forma é muito difícil: seus pés tem que estar sempre posicionados do mesmo jeito, seu corpo tem que estar reto, sua mão tem que puxar a flecha do mesmo jeito, etc. Por isso é preciso muita prática para você conseguir atirar com consistência!

Pode parecer que a arquearia exige muita força nos braços, mas na verdade a força vem das costas! Para puxar a corda, você na verdade usa os músculos da região das omoplatas, e não dos braços. Eles trabalham um pouco também, mesmo porque o arco é meio pesado e o braço esquerdo (ou direito, se você for canhoto) pode até ficar meio dolorido de segurá-lo por muito tempo. Mas o foco mesmo é nas costas, o que é muito bom para quem tem problema na coluna como eu e quer  fortalecer a musculatura.

Arquearia é super legal e eu espero poder continuar praticando durante todo o tempo que eu morar aqui. Se vocês tiverem alguma dúvida ou quiserem que eu fale mais sobre esse assunto, me avisem no comentários!

Até a próxima!

 

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s