Bullet Journal, a agenda 100% personalizada

Oi gente!

Eu queria ter feito esse post no começo do ano, quando todo mundo costuma trocar de agenda, mas acabei não tendo tempo e achei que mesmo postando agora esse assunto seria útil no futuro ou para aqueles que já deixaram a agenda de lado porque ela não está ajudando. Hoje vou falar de um sistema que ficou muito famoso nos últimos anos, chamado bullet journal!

“Bullet journal” vem do inglês “bullet points” (basicamente uma lista de coisas a fazer) e “journal” (diário). O bullet journal (ou “bujo”) não é exatamente uma agenda, ele é um sistema organizacional no qual você pode se basear para transformar qualquer caderno comum em uma agenda que te ajude no dia-a-dia. Esse sistema foi criado por um designer chamado Ryder Carroll e nada mais é que sugestões de como organizar seu calendário e tarefas, sendo muito útil caso você não saiba por onde começar a arrumar a sua vida rs  (vejam o site oficial, em inglês, aqui). Ou seja, é um sistema que te ajuda a montar sua própria agenda do zero, tendo portanto a liberdade de a qualquer momento adaptá-la às suas necessidades!

Tudo o que você precisa para fazer um bullet journal é um caderno e uma caneta. PONTO. Vocês vão ver nesse post e na internet que, como você pode personalizar o “bujo” da maneira que quiser, ele pode ficar extremamente rebuscado e artístico, MAS ESSE NÃO É O OBJETIVO. O objetivo é ele ser o que VOCÊ quer, precisa e tem condições de fazer. Você pode ser super minimalista e simplesmente escrever o necessário e pronto, ou você pode ser alguém como eu que se inspira com um caderno todo colorido e que sente prazer em decorar seu bullet journal. A graça da coisa é que você pode fazer o que quiser, como quiser, e mudar de estilo na hora que quiser.

O cerne do bullet journal são os símbolos sugeridos para que você anote suas tarefas, eventos e notas: tarefas são anotadas com um ponto cheio na frente, eventos são marcados com um ponto “oco” e notas com um risco (vejam abaixo). Ele também sugere que você marque as tarefas terminadas com um “x”, as que você migrou para depois com “>” e as que você programou quando serão feitas com “<“. É importante sempre lembrar que esse sistema não é rígido, e que você pode adaptá-lo como quiser. Por exemplo, eu gosto de marcar as tarefas feitas com um “certo” e uma tarefa que eu posterguei com uma seta.

bujo1

O sistema padrão do bullet journal (acima) e o que eu uso (abaixo). Você pode mudar os símbolos como quiser, a idéia é ter símbolos que façam sentido para você e que te ajudem a rapidamente organizar suas tarefas.

Um ponto muito interessante de ter uma agenda manual como essa e ter que anotar sempre que você postergou uma tarefa é ter maior consciência de quantas vezes você fez isso. Você pode ter anotado “lavar a roupa” como uma tarefa para hoje, mas ao invés disso tê-la postergado para amanhã, então você vai escrever novamente “lavar a roupa” no dia seguinte. Se você postergar a tarefa mais uma vez, você vai notar como você tem evitado fazer essa tarefa, e pode se questionar se é algo que é realmente necessário, se você tem programado essa tarefa para momentos em que não tem condições de fazê-la ou se você tem procrastinado! Existem até pessoas que se impõem regras do tipo “só posso postergar uma tarefa no máximo 2 vezes” para ajudar com a produtividade.

Outra parte importante do bullet journal são os módulos que te ajudarão a organizar sua agenda. São eles:

  • Índice (Index): é muito importante numerar as páginas do seu caderno e fazer um índice com as páginas importantes para que você possa encontrá-las facilmente depois. Isso é muito útil para páginas às quais você vai voltar de tempos em tempos, por exemplo uma na qual você anotou as datas de aniversário de todo mundo.
  • Registro Futuro, ou Registo Anual (Future Log ou Yearly Log): onde você anotará coisas que vão acontecer dali a meses, para que você se lembre quando a hora chegar. Pode ser uma lista de cada mês com um espaço onde você pode anotar compromissos conforme eles aparecerem, como uma viagem marcada para o final do ano.
  • Registro Mensal (Monthly Log): no início de cada mês, você pode fazer uma lista de todos os compromissos para aquele mês. Você checa o Registro Anual para ver se já tem algo programado, e adiciona os detalhes, como por exemplo uma consulta no dentista marcada para o meio do mês.
  • Registro Diário (Daily Log): usado para o dia-a-dia, baseando-se no que você anotou no Registro Mensal mas com ainda mais detalhes pontuais, como suas tarefas daquele dia em particular.

Todos esses registros podem ser listas simples, sem nenhum tipo de “enfeite”, e que portanto são super rápidas de fazer. Vou mostrar exemplos dos meus bullet journals, nos quais eu, pessoalmente, gosto de desenhar, mas não se sintam pressionados a fazer o mesmo.

Você pode usar qualquer caderno para o seu bullet journal, o que também te dá possibilidades infinitas de escolha. É, no entanto, recomendável ter um caderno de qualidade, para que ele dure. Tem pessoas que gostam de usar fichários como bullet journals para poder mover as páginas de lugar; já eu não gosto dessa ideia. Eu sempre usei cadernos A5 “dotted” da Leuchtturm, que têm pequenos pontos nas páginas que ajudam você a escrever mas dão mais flexibilidade do que linhas. Outra coisa bacana é que as folhas já vêm numeradas e há um índice no início.

bujo17

Esse é meu Registro Anual de 2018: eu gosto de marcar as datas das férias escolares daqui do Reino Unido, já que meu marido trabalha em uma escola, e as datas dos feriados. Também tenho uma lista com os feriados do Brasil, para eu saber quando meus familiares provavelmente estarão viajando.

bujo7

Aqui vão dois exemplos de Registros Mensais que eu organizei de maneiras diferentes: em um eu fiz uma lista com os dias e aproveitei a outra página para fazer um Registro de Hábitos (Habit Tracker), um conceito muito utilizado por quem tem bullet journal para marcar atividades que você quer fazer com frequência (como exercícios, dormir bem, etc). Reparem que a lista para o Registro Mensal poderia ser algo super simples, apenas usando uma caneta só e bem rápido de fazer. O outro Registro Mensal eu organizei como um calendário tradicional, usando duas páginas para isso.

bujo9

bujo2

E por fim, alguns exemplos de registros diários, que são o que eu mais mudo o formato. Tem momentos em que eu quero poder ver a semana toda em duas páginas, às vezes eu prefiro ter mais espaço por dia. Tem semanas em que eu tive mais tempo de enfeitar meu caderno, e semanas em que eu priorizei gastar menos tempo. Em algumas eu coloquei o Registro de Hábitos por semana, ao invés de no começo do mês, em outras eu anotei o que eu comi em cada dia, enfim, cada semana se adapta ao que eu necessito naquele momento.

bujo10bujo11bujo12bujo13bujo14

Eu tenho feito bullet journals ao invés de comprar agendas há 3 anos, e o motivo pelo qual eu nunca mais mudei de sistema organizacional é a adaptabilidade do “bujo”: a cada semana, a cada dia, eu posso mudar o modo como eu escrevo minhas informações, facilitando a minha vida. Eu também adoro poder colocar todas as informações necessárias em um só caderno: posso programar minha semana, anotar endereços, planejar uma viagem, escrever uma receita, anotar ideias, e ter tudo isso em um só local, fácil de acessar!

bujo4

Meus fiéis escudeiros pelos últimos 3 anos!

bujo5

Planejamento para a minha viagem ao Porto

bujo15

Planejamento da ceia de Natal do ano passado

bujo16

O bullet journal também é um ótimo lugar para registrar as viagens que você fez!

Se você é alguém que vive abandonando agendas porque fica cansado delas ou porque elas não têm o espaço que você precisa, experimente usar um caderno como bullet journal, pode ser libertador!

Esse ano tenho feito um tema diferente para cada mês, incluindo Harry Potter e Sakura Card Captors. Vocês teriam interesse em ver meus registros para cada mês? Me contem nos comentários!

Até a próxima!

2 ideias sobre “Bullet Journal, a agenda 100% personalizada

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s